Tuesday, January 16, 2007

Divagações geográficas

Gosto daqui, porque é fácil sentir-me bem. .Não preciso de muito. Primeiro há sempre qualquer coisa para fazer (e barato, ou seja, viável). Hoje fui ver mais uma peça de teatro por €0,70! (não chega ser barata, com qualidade também..) Mas não havendo e não querendo ficar em casa sozinha com 27º cá fora...basta uma caminhada pela Beira Mar ou uma corrida com o meu novo "i_quaseque_pod" :) pelos finais de tarde (foi "quase" na marca e preço, mas nas funções está óptimo!). ElectroSound ou Jorge Palma nos ouvidos e Forró ao fundo (o problema é que as buzinas dos carros também ficam "ao fundo" e corro o risco de ser corrida para o passeio!..)
E não me canso de falar desta avenida (Beira Mar).
Acho que não conheço lugar mais rico em variedade do que se pode chamar da espécie humana..
"Ele é" artistas, vendedores ambulantes, malabaristas, hippies, meninos estátua, turistas (dos convencionais e dos menos recomendáveis..) baianas, pipoqueiros, homens a vender cocos e cerveja, músicos, malucos, profetas (sim, há um que, volta e meia, aparece a proclamar a "boa nova" num determinado ponto da avenida), pedintes que têm os seus postos "marcados", figuras que deambulam para cá e para lá (uma mulher insiste em vestir-se de preto e como se estivesse no frio da gronelândia..), uma multidão de gente a caminhar e a correr, pessoas sozinhas, em pares, com o cachorro, famílias completas... DE TUDO!
Acho que esta Avenida era uma excelente tese de estudo para alguém de Antropologia. Até a mim me dava vontade de fazê-la! :) enquanto isso vou "batendo" umas fotos..



3 Comments:

Anonymous Lau said...

pediste uma canjinha dessas?!
blharg...

1:43 AM  
Blogger laranjeiro said...

caipirinhas, caipiroskas, caipiqqcoisa
bom demais

10:28 AM  
Blogger ascka said...

Mugunza...eu nunca soube escrever isso...hauahauau....

7:17 PM  

Post a Comment

<< Home